Select Page
Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26
Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

Cientes da necessária e progressiva autonomização da Secção Regional dos Açores, com vista à sua afirmação e consolidação na região, apresentamo-nos com uma equipa de Arquitetos presentes nos três grupos do arquipélago, renovada e motivada, com a experiência e a maturidade necessária para consolidar o trabalho até agora desenvolvido e para desencadear novos processos e iniciativas. Respondendo aos desafios que a sociedade contemporânea nos exige, no próximo mandato pretendemos prosseguir uma estratégia que valorize a profissão e promova a arquitetura.

ASSEMBLEIA DE DELEGADOS, PELO CÍRCULO TERRITORIAL DOS AÇORES

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

PATRÍCIA D’ANDRADE

Candidata
DELEGADA

Patrícia d’Andrade, natural de S. Miguel, é licenciada em Arquitetura pela FA-UTL, em 2002, ano em que inicia a sua atividade profissional nos Açores.
Em 2004, cria o seu gabinete desenvolvendo diversos projetos de arquitetura, a par da prestação de serviços de direção e fiscalização de obra.
Desde 2004, exerce as funções de Perita Avaliadora Local e de Perita Avaliadora Regional da Propriedade Urbana para a Autoridade Tributária e Aduaneira, acumulando funções de docente de Educação Tecnológica e de Artes Visuais.
Entre 2007 e 2011, exerce a função de Vogal da Direção da Delegação dos Açores da Ordem dos Arquitetos (OA), passando a Presidente até 2012, e, entre 2011 e 2013, integra o Conselho Regional de Delegados Sul da OA. Atualmente, é Delegada Suplente da Assembleia de Delegados.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

PEDRO ALVERNAZ

Candidato
SUPLENTE

Pedro Alvernaz, natural de Lajes do Pico, é licenciado em Arquitetura pelo Departamento de Arquitetura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, em 2002, ano em que inicia a sua atividade profissional.
Especializado em Reabilitação do Património pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e Direção Regional de Edifícios e Monumentos do Norte, integra em 2006 o quadro da Câmara Municipal das Lajes do Pico.
Atualmente, é técnico superior na Direção Regional da Habitação atuando, simultaneamente, como profissional liberal.

MESA DA ASSEMBLEIA REGIONAL DOS AÇORES

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

IGOR ESPÍNOLA DE FRANÇA

Candidato
PRESIDENTE

Igor Espínola de França, natural de Ponta Delgada, S. Miguel, é licenciado em Arquitetura pela FA-UTL, em 1987. Concluiu o mestrado em Património, Museologia e Desenvolvimento pela Universidade dos Açores, em 2009, e a pós-graduação em História da Arquitetura pelo IST-UTL, em 2013.
Desde 1990 tem dedicado especial atenção às questões da reabilitação do património arquitetónico, área onde tem exercido atividade como projetista. Tem prestado colaboração e consultoria em diversos domínios, com destaque para a museologia, ordenamento do território e património edificado.
Paralelamente, tem desenvolvido investigação no âmbito da história e da genealogia dos primórdios do povoamento dos Açores. Nestas áreas do conhecimento proferiu conferências, e publicou obras e artigos.
É Assistente Convidado na Universidade dos Açores onde leciona no mestrado de Património, Museologia e Desenvolvimento, atividade que acumulou, até fevereiro de 2013, com a lecionação no curso de Arquitetura (preparatórios), de que foi o primeiro diretor.
Desempenhou várias funções cívicas, nomeadamente como coordenador de Educação e Cultura da Câmara Municipal de Lagoa e como vogal do Conselho consultivo do Museu Carlos Machado, da Comissão Diocesana dos Bens Culturais da Diocese de Angra, da direção do Instituto Cultural de Ponta Delgada, e da Comissão Toponímica da Câmara Municipal de Ponta Delgada.
Em 2020, foi eleito 1.º Presidente da Mesa da Assembleia Regional da Secção Regional dos Açores da Ordem dos Arquitectos, cargo que desempenha presentemente.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

JOANA SOARES

Candidata
SECRETÁRIO

Joana Soares, natural da Horta, é licenciada em Arquitetura com Especialização em Arquitetura de Interiores pela FA-UTL, em 2011. Durante o curso, frequentou a Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis, Brasil.
Em 2019, termina uma Pós-Graduação em Gestão de Negócios pela Universidade Aberta.
Estagiou na Câmara Municipal da Horta, na área de reabilitação urbana.
De momento é perita em SCIT, proprietária e gerente do Alojamento Local H18, atividades que concilia com a Arquitetura.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

DUARTE NÁPOLES

Candidato
SECRETÁRIO

Duarte Metello de Nápoles, natural de Coimbra, é licenciado em Arquitetura.
Colabora em gabinetes de arquitetura em Lisboa e em Ponta Delgada, tendo ingressado na função pública na Câmara Municipal de Lagoa (Açores), em 2001.
A nível particular, cria o gabinete de arquitetura DNA Arquitetura.
Ao longo dos anos tem participado em palestras (escolas e OA), mostras de arquitetura e publicado alguns projetos.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

MÁRCIA MENDONÇA

Candidata
SUPLENTE

Márcia Mendonça, natural da ilha Terceira, é licenciada em Arquitetura pela FA-UTL, em 2000, com passagem na Università Ca’ Foscari Venezia.
Após o estágio curricular no Gabinete da Zona Classificada de Angra do Heroísmo, inicia a sua atividade profissional, lecionando no ensino profissional e ingressando, como arquiteta, num gabinete privado de arquitetura e engenharia.
Em 2014, funda o seu atelier, o qual conta com projetos nas áreas da habitação, saúde e comércio/serviços.
Atualmente, é Vogal do Conselho Diretivo da Secção Regional dos Açores da Ordem dos Arquitectos.

CONSELHO DIRETIVO REGIONAL DOS AÇORES

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

NUNO COSTA

Candidato
PRESIDENTE

Nuno Costa, natural de Ponta Delgada, é licenciado em Arquitetura pela FA-UTL, em 2004, e mestre em Património, Museologia e Desenvolvimento, na FCSH da Universidade dos Açores, em 2019, com a dissertação “Eduardo Read Teixeira (1914-1992), um Arquiteto Moderno nos Açores”.
Em 2004, inicia a carreira profissional com o arquiteto Jorge Kol de Carvalho, tendo, a partir de 2010, decidido abraçar outros projetos, exercendo a Arquitetura sob a sua supervisão e coordenação, a par de outras atividades, tais como formador e professor em escolas do ensino profissional e regular.
Atualmente, é perito qualificado em Certificação Energética, perito avaliador local da Autoridade Tributária, perito avaliador do Ministério da Justiça, onde integra a Lista Oficial pelo Círculo da Comarca dos Açores, e, para efeitos de avaliações de fundos de investimento do sistema bancário, está registado na CMVM.
Em acumulação, desde 2017, tem colaborado na Universidade dos Açores, tendo lecionado as unidades curriculares de Gramáticas da Composição e Representação I e II, Sistemas Construtivos, ambas do curso de Arquitetura (preparatórios), e, recentemente, as disciplinas de Património Histórico-Cultural da licenciatura em Turismo e de Património, Identidade e Desenvolvimento do Mestrado que frequentou com sucesso.
Entre outras participações, foi membro do Conselho Regional das Obras Públicas (CROP) e do Conselho Regional da Cultura (CRC). Também tem vindo a ser convidado para proferir conferências e para publicar artigos, nas áreas da arquitetura, do património e da sustentabilidade.
Entre 2007 e 2011, foi membro da Delegação dos Açores da Ordem dos Arquitectos e, em 2020, foi eleito 1.º Presidente do Conselho Diretivo da Secção Regional dos Açores da Ordem dos Arquitectos, cargo que desempenha presentemente.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

CATARINA PINHEIRO

Candidata
VICE-PRESIDENTE

Catarina Pinheiro, natural de Sintra e residente na ilha Terceira, é mestre em arquitetura pelo IST, com passagem pelo Politecnico di Milano, e pós-graduada em Construção Sustentável pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.
A sua carreira e formação profissional tem decorrido maioritariamente no setor público, tanto no continente como nos Açores, com incidência sobre o controlo prévio de operações urbanísticas e participação em desenvolvimento de estratégias de ordenamento do território.
Tem vindo a contribuir ativamente no processo de simplificação e uniformização administrativa conduzido pela Ordem dos Arquitectos.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

MIGUEL MACHADO

Candidato
VOGAL

Miguel Ângelo Machado é licenciado em Arquitetura pela FA-UP, em 2002, e ingressa na OA em 2004.
Desde então desenvolve atividade própria ou em colaboração, destacando-se a relação com o Estúdio MMPF, com a empresa Espaço Municipal – Renovação Urbana e Gestão do Património – e com a empresa Vítor Martins SA.
Entre 2007 e 2009, publica os artigos Un Paese “Low-Cost”:  Ritratto Portoghese, QA, e A Teoria está Morta? Em torno do debate sobre práticas projetivas, MURPHY #2.
Em 2022 conclui a Pós-graduação em Eficiência Energética em Edifícios pelo ISEP.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

RAQUEL TEVES

Candidata
VOGAL

Raquel Teves é licenciada em Arquitetura pela FA-UP, em 2006.
Entre 2007 – 2012, inicia a sua atividade em empresa de construção civil, efetuando estudos, e projetos de arquitetura, ao nível da habitação, comércio, indústria, serviços e saúde.
Entre 2012 e 2014 exerceu atividade por conta própria.
Desde 2015 que trabalha no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, sendo responsável pela gestão da manutenção, segurança e saúde no trabalho, projeto museográfico, apoio técnico às residências artísticas, e dos eventos que decorrem nas suas instalações.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

HERNÂNI PONTE

Candidato
VOGAL

Hernâni Ponte é mestre em arquitetura pelo Instituto Universitário de Lisboa – ISCTE, em 2014.
É cofundador e gestor de projeto na Startup Azores Bim Studio.
Desde 2015 que desenvolve atividade no setor público, estando envolvido no desenvolvimento, desde a fase de projeto até à construção e gestão de edifícios públicos especialmente relacionados com Obras de Reabilitação e Restauro na área do Património Cultural.
Integra, desde 2017, o Serviço Diocesano dos Bens Culturais da Igreja.
Desde 2020 que desempenha funções de Vogal no Conselho de Disciplina da Secção Regional dos Açores da Ordem dos Arquitectos.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

ANA CAMPOS

Candidata
SUPLENTE

Ana Rita Campos, nasceu em Braga em 1976, é licenciada em Arquitetura pela FA-UTL.
Estagia em Barcelona e escolhe viver no Faial desde 2001, tendo contribuído para a reconstrução pós-sismo de 1998.
Integra, em 2006, a empresa municipal UrbHorta, onde é diretora do Departamento de Gestão e Urbanismo.
Vence, em 2019, em parceria com Sónia Domingos, a menção honrosa da categoria fibras no concurso criativo Use&Abuse, da Plataforma de Indústria Criativa dos Açores (PICA).
Em 2022/23 está a coordenar a equipa do grupo municipal que está a desenvolver o projeto do Banco das Artes que venceu o prémio da Nova Bauhaus Europeia – iniciativas locais.

CONSELHO DE DISCIPLINA REGIONAL DOS AÇORES

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

ANDREA HENRIQUE MARQUES

Candidata
PRESIDENTE

Andrea Henrique Marques, natural de Ponta Delgada, ilha de S. Miguel, é licenciada em Arquitetura em Gestão Urbanística pela FA-UTL, em 2004, e mestre em Regeneração Urbana e Ambiental pela mesma faculdade, onde em 2009 defende a sua dissertação sob o tema “Ponta Delgada. A Imagem da Cidade, factor de identidade e dinâmica urbana”.
Em 2005 centra a sua atividade na investigação científica em Urbanismo na FA-UTL, em projetos nas áreas de reabilitação urbana, áreas de génese ilegal, regeneração urbana, instrumentos de gestão territorial, entre outros.
Mais tarde, de regresso a São Miguel, mantém-se na área de investigação na Universidade dos Açores.
Entre 2009 e 2011 exerce a atividade de formadora em diversas entidades como a ENTA e a APRODAZ, nas áreas de desenho técnico e projeto. Nesta altura é convidada para integrar o corpo docente do Curso de Arquitetura (preparatórios) da Universidade dos Açores, assumindo a direção do curso entre 2016 e 2020.
Atualmente, integra o corpo docente da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade dos Açores.
Tendo sido eleita em 2020, presentemente, desempenha o cargo de Presidente do Conselho de Disciplina Regional da Secção Regional dos Açores da Ordem dos Arquitectos.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

ANDRÉ VIEIRA

Candidato
VOGAL

André Vieira é mestre em arquitetura pela Universidade dos Açores e ISCTE.
Com experiência entre setor público e o atelier Mood Arquitetos, participa em diversos projetos, como residencial, turismo e setor público.
Comprometido com a sensibilidade da paisagem e cultura açoriana, explora o design inovador e criativo e acredita na arquitetura para desenvolvimento da região.
Fundador da marca de design Unika, premiada internacionalmente e no 4.º lugar do Brand Design Rankings na categoria de mobiliário de escritório.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

MÓNICA GOULART

Candidata
VOGAL

Mónica Goulart, natural do Pico, é licenciada em Arquitetura pela FA-UTL, em 2004.
Desde então tem desenvolvido vários projetos de arquitetura, com destaque para a reabilitação de edifícios, direção e fiscalização de obra.
Técnica superior na área de arquitetura do Gabinete Técnico da Vinha da Paisagem Protegida da Cultura da Vinha da Ilha do Pico, tem sido oradora em colóquios, fóruns e seminários em Portugal, Espanha e Coreia do Sul.
Exerce atividade como perita avaliadora de imóveis urbanos para a Autoridade Tributária e Aduaneira e para as empresas Neocunsul e Eurovalor Madeira.
É sócio-gerente na empresa “Casas Goulart, Lda” desde 2014.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

LUÍS BETTENCOURT

Candidato
VOGAL

Luís Bettencourt, natural de Angra do Heroísmo, inicia o seu percurso profissional em 1998, com apenas 18 anos e ainda como estudante do ensino secundário, no atelier Francisco Cunha – Arquitectos Associados.
Conclui a licenciatura em 2006, pela FA-UP, tendo em 2008 fundado o atelier Luís Bettencourt Arquitectos.
A reabilitação urbana, sobretudo no contexto do Centro Histórico de Angra do Heroísmo, Zona Classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade, tem sido o principal enfoque da sua atividade.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

MARÍLIA HIPÓLITO

Candidata
VOGAL

Marília Hipólito, natural da ilha das Flores, é licenciada em Arquitetura pela FA-UP.
Realiza estágios académicos e profissionais no Atelier Aberto, Consulmar, Ecocriações e Boxarquitectos.
Colabora na empresa Construções Benevides, Lda no âmbito de obras de caráter público.
Desde 2013, exerce de forma liberal a atividade de arquitetura.
Atualmente, também desenvolve atividade como técnica Superior em Arquitetura na Subunidade Orgânica de Urbanismo e Obras Particulares do Município de Santa Cruz das Flores.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

ANDRÉ RODRIGUES

Candidato
SUPLENTE

André Rodrigues, natural de S. Jorge, é licenciado em Arquitetura de Gestão Urbanística, pela FA-UTL.
Em 2007, realiza o estágio para a Ordem dos Arquitectos na empresa Diâmetro, Gabinete de Estudos e Projetos, Lda., em Oeiras, empresa em que ingressa em 2008.
Em 2010, funda em S. Jorge a empresa Traço Açoriano, Unipessoal Lda., Gabinete de Estudos e Projetos.
Entre 2010 e 2020, exerce cargos políticos e foi deputado à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.
No final de 2020, regressa à atividade de arquitetura e ao seu gabinete, e em 2023 expande a atividade da sua empresa, para a área da construção.
Atualmente, também é Presidente da Direção do Grupo Desportivo Velense.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

ISABEL BRANCO

Candidata
SUPLENTE

Isabel Soares Branco, natural de Lisboa, é licenciada em Arquitetura pela UTL e Mestre em Reabilitação de Edifícios pela Universidade de Coimbra.
Ao longo da sua carreira desempenhou funções como Técnica Superior na Câmara Municipal de Loures; Técnica Superior na Direção Regional da Cultura na Região Autónoma dos Açores; Técnica Superior na Delegação de Obras Públicas na Ilha Terceira.
Atualmente, desempenha funções como Técnica Superior na Direção Regional de Cooperação com o Poder Local.

Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26
Em Ordem Açores - Lista B - Candidatura Ordem dos Arquitectos 23-26

Conscientes do compromisso que assumimos com os arquitetos e com a sociedade, e com sentido de responsabilidade perante a missão e os desafios a que nos propomos, candidatamo-nos pela valorização da profissão e pela promoção da arquitetura nos Açores.

Siga a nossa candidatura

geral@emordemacores.pt

(+351) 963 602 193

14 + 6 =